A minha primeira experiência com a Yammi

Finalmente realizei o meu pequeno sonho de ter um robot de cozinha na última Black Friday. Estava a desejar uma desde que nos mudámos para a nossa casa, e depois de ter estado presente numa sessão de demonstração da nova Bimby em casa da minha mãe no Outono, estava a morrer por ter uma! Então depois de muitos cálculos lá fui eu comprar a nova Yammi 2 Upgrade.

Estava tão feliz por comprar a minha nova BFF na cozinha que tive que testá-la logo no dia seguinte para, é claro, fazer um doce para um jantar em casa de uns amigos.

Decidi tentar fazer uma das minhas receitas favoritas da Bimby (que também está no livro da Yammi): a Delícia de Chocolate. Yummm! Tão bom!

 

Comecei por abrir a caixa, verificar que tinha todos os acessórios, filmar um unboxing para o Youtube… como toda a gente faz… E estava tão feliz. Mesmo, mesmo feliz!

Sim, adivinharam. Não acabou assim tão bem…

Enquanto o chocolate derretia com a manteiga, apercebi-me que o chocolate continuava inteiro e que nada estava a aquecer. A temperatura no visor não tinha mudado. O copo estava frio. Realmente frio! Sim, a máquina, o incrível robot de cozinha, não estava a trabalhar correctamente – de todo.

A essa hora, e já depois de ter passado uma hora a tentar perceber porquê que ele não parava de apitar e avisar que estava destrancado quando não devia estar a fazer nada (hello? estás aberto e não estás programado para fazer nada, cala-te!), e já bastante atrasada para o jantar, decidi respirar fundo, não desistir e pôr tudo numa panela ao lume e trabalhar a minha magia à moda antiga, à mão.

Sim, o bolo estava terminado e no forno. O problema foi a parte final.

Quando o tirei do forno, não tinha crescido. Nada. Nem 5cm. Senti-me tão chateada, tão frustrada que descobri como a inquilina anterior a mim sujou o tecto todo. Sim, apenas fiz isto:

Fuck This Shit GIF - Find & Share on GIPHY

Mas com bolo de chocolate.

 

Sim, havia bolo de chocolate em todo o lado.

Sim, até no tecto.

Sim, chorei.

Sim, muito.

E sim, o meu noivo ouviu.

E sim, ele é espectacular porque quando percebeu o que tinha acontecido começou a rir-se. Bastante.

E sim, esta foi a minha primeira experiência com um robot de cozinha. Não, não desisti. Fui ao Continente e troquei por uma nova. Uma que funciona. E já fiz algumas receitas com ela, que correram como suposto. (Excepto aquela vez que estava a fazer doce de laranja e não me apercebi que não tinha montado o robot correctamente e foi parar laranja e açúcar a todo o lado.)

Mas independentemente disto, estou a gostar muito deste meu novo desafio na cozinha. Se quiserem que partilhe as receitas que tenho andado a experimentar e onde encontro novas, digam-me abaixo. Isto pode tornar-se uma série de posts onde vos conto o tão má que consigo ser às vezes na cozinha.

Um grande beijo,

Tânia

PS: E sim, o bolo estava bom. O André ainda o conseguiu provar um pouco do que restou na forma e já me pediu para fazê-lo novamente. Uff, alguma coisa que tenha corrido bem!